Prefeitura sugere formar estudantes pesquisadores

“Tecnologias de inovação: utilização das Mídias Sociais”; “Automedicação: solução ou problema?”; “Análise socioambiental da feira livre do município de Escada/PE”; “O cientista e o laboratório estão na sala de aula”; “Percepção da comunidade de Nova Cidade sobre os efeitos do uso do amianto”; “O que os estudantes comem: que alimento é esse?”; “Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social”

Para alguns as expressões podem parecer assuntos de estudantes universitários. Mas para a Secretaria de Educação de Escada é o resultado de uma iniciativa ousada de formar professores de ciências e estudantes do ensino fundamental no caminho da pesquisa, levantando problemas, estabelecendo hipóteses e inferindo conceitos sobre problemas da sociedade.
A proposta de inserção da pesquisa no Ensino Fundamental em 2O17 busca alcançar dois objetivos: incentivar o protagonismo estudantil no processo de construção do seu próprio conhecimento e implementar um Programa de Formação de professores norteado pelo processo ação-reflexão-ação pela Pesquisa.

O processo se constitui por formação teórica, atuação na prática, apresentação das pesquisas, reflexão sobre a produção e retomada do processo.

Toda mediação e acompanhamento sistemático foi conduzido por Ana Neto, Gerente de Desenvolvimento do Ensino, em parceria com a professora mestre Lourdes Fragoso da Escola Barão de Suassuna.

Os primeiros resultados foram socializados na I MOSTRA DE TRABALHOS DE PESQUISA NO ENSINO FUNDAMENTAL, realizado na FAESC no último dia 22. Na ocasião, os professores orientadores apresentaram as pesquisas para uma banca de especialistas que analisaram desde os aspectos que caracterizam a pesquisa, a pertinência das temáticas até o papel das mesmas como orientadoras para a proposta de formação do município.

Essa etapa contou com a presença do secretário de educação John Kennedy, de mestres e doutores da faculdade.

A segunda etapa, que acontecerá somente em 1º de dezembro, consiste na apresentação dos trabalhos de pesquisa pelos próprios alunos. “Acreditamos no potencial dos nossos alunos. Na capacidade de estudo, análise e conclusão sobre determinado tema e não temos dúvidas do potencial dessa proposta para o professor de ciências da nossa rede”, declarou Ana Neto, Gerente de Ensino.

No total, serão apresentados 16 projetos voltados para os conteúdos de ciências. Serão 30 alunos das escolas da rede pública Municipal, 8 professores convidados para orientação e o grande desafio fortalecer a ponte entre o conhecimento e sua reinvenção.

Prefeitura da Escada o trabalho vai continuar.

Clique e confira as fotos do evento.

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s